Vejo muitos empresários se queixando que não conseguem atingir seu objetivo no atendimento ao público porque não têm uma equipe preparada ou a altura de seus clientes. Agora a pergunta que faço a vocês é: “Vocês preparam suas equipes?”. De certo que, muitos dos seus colaboradores vistos de uma ótica hierárquica cultural e social nem sempre tiveram ou têm a oportunidade de conhecer o mundo ao qual são parte, hoje fundamental de atendimento. Por muitas vezes aquilo que vendem é o valor do aluguel, ou as despesas do mês, portanto chego à conclusão que existem duas vertentes, contratar aqueles que se sobressaem social e culturalmente se acomodando em modismos e comodismo, se valendo dos atributos sociais, ou fazer parte realmente e além de mudar a vida dos seus colaboradores em todos os âmbitos dando oportunidades para que haja crescimento social, cultural proporcionando-lhes experiências de vida mais abundante, onde terão experiências a serem trocadas de fato com seus clientes em potencial. É o jogo do ganha-ganha. O que tenho observado e inserido nos treinamentos vai muito além de atendimento simples ao publico com metas a serem batidas, uma grande porcentagem de empresários tem investido em premiações como viagens, um jantar onde seus clientes frequentam, enfim uma forma humanizada de “treinar equipes” dando-lhes oportunidades ao crescimento pessoal. As consequências dessas ações são: equipes que se integram com o perfil de onde estão levantando sua bandeira, e o foco da meta é atingido sem esforços e cobranças descabidas, e a meta imposta muitas vezes parte de seus próprios colaboradores. Acredite! Dê a eles o que quer de volta, seu sucesso será muito alem de números! Sua empresa será referencia em pessoas que se importam realmente com pessoas e não em vender para atingir metas solicitadas e impostas que muitas vezes são desmedidas com uma ilusão de incentivos dados dentro de comissões. Presenteie seus colaboradores eles são a peça chave da sua empresa seja ela qual for!


(Luciana Vieira- Diretora Comercial da Singular)